Administração Ciências Contábeis Direito Engenharia de Produção Pedagogia
 
Dúvidas Frequentes
1 - Quais os documentos necessários para a inscrição do Vestibular?
Identidade e CPF ou qualquer documento que tenha foto, por exemplo, carteira de motorista. Caso o candidato não tenha CPF, ele terá que assinar um termo, se comprometendo a trazê-lo até o dia da matrícula.
2 - A inscrição poderá ser feita por terceiros?
Sim. Para as inscrições feitas por terceiros não será exigida a procuração, desde que o candidato se responsabilize pelas informações prestadas e pela apresentação dos documentos exigidos.

3 - O boleto do candidato está com a data vencida e ele ainda não efetuou o pagamento, como proceder nestes casos?
O candidato deverá se dirigir a tesouraria da Instituição com o boleto.

4 - Quais os documentos exigidos no dia da prova?
Comprovante de inscrição, documento de identidade ou outro documento com foto.
5 - O candidato pode optar em não fazer as provas da Faculdade de Ciências Humanas de Cruzeiro - FACIC e utilizar somente o resultado do ENEM?
Não.
6 - O candidato que tem diploma de Curso Superior estará dispensado de apresentar o certificado de conclusão do Ensino Médio e Histórico Escolar no ato da matrícula?
Não. Por exigência do MEC, todos os candidatos devem entregar a Faculdade o Certificado de Conclusão do Ensino Médio e o Histórico Escolar em duas cópias.

7 - O candidato que pedir transferência para a FACIC, poderá eliminar matérias?
Sim. Nesses casos, a grade curricular das matérias será analisada pela coordenação da Faculdade, que dirá se é possível eliminar matérias ou não.

8 - Como proceder para pedir transferência para a Faculdade?
Para transferência é necessário fazer o vestibular e apresentar os seguintes documentos:
• Histórico escolar da instituição de origem;
• Conteúdo programático das disciplinas cursadas ou em curso;
9 - Se eu começar a fazer um curso, posso pedir reopção?
Sim. A transferência poderá ser requerida a qualquer momento, desde que existam vagas disponíveis no curso escolhido.

10 - A FACIC oferece algum tipo de bolsa ou financiamento?
A Faculdade participa do programa Escola da Família e, também disponibiliza do Programa de Bolsas Pró FACIC, onde o aluno preenche um pedido desconto, no qual pode ser concedido entre 30% e 50%.

11 - O candidato com direito ao desconto concedido através do Pró FACIC, terá direito ao desconto na matrícula e nas mensalidades?
Não. O desconto será concedido para as mensalidades do aluno.

12 - O Estágio é obrigatório?
Os Estágios Supervisionados constam das atividades de prática profissional/pedagógica, exercidas em situações reais de trabalho, sem vínculo empregatício. É obrigatória a integralização de carga horária total do estágio, quando este fizer parte do currículo pleno do curso, nela, podendo-se incluir as horas destinadas ao planejamento, orientação paralela e avaliação das atividades.O Estágio Supervisionado visa ao aprendizado da prática profissional. Por essa razão, os estudantes que não concluírem o estágio — exigido por lei — estarão impedidos de se graduarem. O Estágio é ofertado nos três anos letivos finais do curso, num total de 300 (trezentas) horas. A Lei Nº 11.788, de 25 de setembro de 2008, define o estágio como o ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo do estudante. O estágio integra o itinerário formativo do educando e faz parte do projeto pedagógico de cada curso.
O estágio não caracteriza vínculo de emprego de qualquer natureza, desde que observados os requisitos legais, não sendo devidos encargos sociais, trabalhistas e previdenciários. (Arts. 3º e 15 da Lei Nº 11.788/2008).
Alguns requisitos devem ser observados na concessão do estágio, com o cumprimento dos incisos estabelecidos no Art. 3º da Lei Nº 11.788/2008:
I – matrícula e frequência regular do educando público- alvo da lei;
II – celebração de Termo de Compromisso entre o educando, a parte concedente do estágio e a instituição de ensino; e
III – compatibilidade entre as atividades desenvolvidas no estágio e as previstas no termo de compromisso.
O Termo de Compromisso é um acordo tripartite celebrado entre o educando, a parte concedente do estágio e a instituição de ensino, prevendo as condições de adequação do estágio à proposta pedagógica do curso, à etapa e modalidade da formação escolar do estudante e ao horário e calendário escolar. Este documento oficializa o início do Estágio Supervisionado.
Devem constar no Termo de Compromisso todas as cláusulas que nortearão o contrato de estágio, tais como:

a) dados de identificação das partes, inclusive cargo e função do supervisor do estágio da parte concedente e do orientador da instituição de ensino;
b) as responsabilidades de cada uma das partes;
c) objetivo do estágio;
d) definição da área do estágio;
e) plano de atividades com vigência; (parágrafo único do art. 7º da Lei Nº 11.788/2008);
f) a jornada de atividades do estagiário;
g) a definição do intervalo na jornada diária;
h) vigência do Termo;
i) motivos de rescisão;
j) concessão do recesso dentro do período de vigência do Termo;
k) valor da bolsa, nos termos do art. 12 da Lei Nº 11.788/2008;
l) valor do auxílio-transporte, nos termos do art. 12 da Lei Nº 11.788/2008;
m) concessão de benefícios, nos termos do § 1º do art. 12 da Lei Nº 11.788/2008;
n) o número da apólice e a companhia de seguros.

Segundo a lei vigente, a jornada do estagiário será definida de comum acordo entre a instituição de ensino, a parte concedente (a empresa) e o aluno ou seu representante legal (em caso de menores de 18 anos) e deverá constar do Termo de Compromisso de Estágio. Deverá ser compatível com as atividades escolares e respeitar os seguintes limites:

a) quatro horas diárias e vinte horas semanais, no caso de estudantes de educação especial e dos anos finais do ensino fundamental, na modalidade profissional de educação de jovens e adultos;
b) seis horas diárias e trinta horas semanais, no caso de estudantes do ensino superior, da educação profissional de nível médio e do ensino médio regular;
c) oito horas diárias e quarenta horas semanais, no caso de cursos que alternam teoria e prática, nos períodos em que não estão programadas aulas presenciais, desde que esteja previsto no projeto pedagógico do curso e da instituição de ensino. (Art. 10 da Lei Nº 11.788/2008).

O estagiário tem direito ao seguro contra acidentes pessoais. A cobertura deve abranger acidentes pessoais ocorridos com o estudante durante o período de vigência do estágio, 24 horas/dia, no território nacional. Cobre morte ou invalidez permanente, total ou parcial, provocadas por acidente. O valor da indenização deve constar do Certificado Individual de Seguro de Acidentes Pessoais e deve ser compatível com os valores de mercado.

13 - Quais são os documentos necessários à comprovação da regularidade do estágio?
a) o Termo de Compromisso de estágio, devidamente assinado pela empresa concedente, pela instituição de ensino e pelo aluno;
b) o certificado individual de seguro de acidentes pessoais;
c) comprovação da regularidade da situação escolar do estudante;
d) comprovante de pagamento da bolsa ou equivalente e do auxílio-transporte; e
e) verificação da compatibilidade entre as atividades desenvolvidas no estágio e aquelas previstas no termo de compromisso.

14 - O Trabalho de Conclusão de Curso é obrigatório?
Sim. O Trabalho de Conclusão de Curso é exigência formal para a graduação do aluno em quaisquer dos cursos oferecidos pela Faculdade de Ciências Humanas de Cruzeiro.

O aluno possui dois documentos oficiais que trazem todas as informações relacionadas ao TCC:

1-Manual de Orientação Científica = Publicação normalizadora da instituição, onde constam todas as regras adotadas para a elaboração de trabalhos de origem científica/acadêmica. Deve ser adotado para a realização de qualquer trabalho de pesquisa solicitado pelos professores.

2-Regulamento do TCC = Documento onde consta as diretrizes para elaboração dos Trabalhos de Conclusão de Curso da FACIC. Esse documento detalha os procedimentos burocráticos que devem ser seguidos pelos alunos da instituição, desde o Projeto de Monografia até a defesa pública do TCC.

É vedada a utilização de qualquer outro material similar para a realização de trabalhos acadêmicos/científicos na FACIC.

15 -  O que são as atividades complementares? Elas são obrigatórias?
Atividades Complementares (AC’s) são ações desenvolvidas ao longo de qualquer curso superior, exigidas pelo MEC - Ministério da Educação. As AC’s estão inseridas nas Novas Diretrizes Curriculares e possibilitam desenvolver habilidades e competências do aluno, inclusive as adquiridas fora do ambiente escolar, a fim de alargar o seu currículo de vida com experimentos acadêmicos, internos ou externos ao Curso, não se confundindo com estágio curricular ou supervisionado. As Atividades Complementares integram a parte flexível do currículo dos cursos de graduação, ministrados pela Faculdade de Ciências Humanas de Cruzeiro, sendo o seu integral cumprimento indispensável para a obtenção do diploma de graduação. Por não ser uma disciplina, mas atividades, o resultado será sempre REALIZADAS/NÃO REALIZADAS. A condição NÃO REALIZADAS nunca impedirá a promoção do aluno ao período subsequente, mas a negativa da conclusão do Curso. A administração dessa carga horária de AC’s é feita pelas Coordenações de Curso, observada pela Direção e registrada na pasta individual do aluno pela Secretaria. Todos os documentos relativos ao cumprimento das atividades deverão ser conduzidos/incluídos no prontuário do aluno, devendo este guardar consigo os documentos originais e os comprovantes de entrega à Secretaria, de forma a totalizar a obrigação legal. Assim, a documentação comprobatória será encaminhada à Coordenação de Curso, para aprovação a ser incluída em seu Histórico Escolar do semestre. Os casos omissos são resolvidos pela Coordenação de Curso.

17 - Como eu faço para obter as informações sobre a realização das atividades complementares?
Rua dos Andradas, 1039 - Vila Brasil • CEP 12703-030 Cruzeiro/SP • Tel.: (12) 3143-3866/3144-0705
E-mail: faciccruzeiro@uol.com.br